Primeira transmissão ao vivo utilizando uma rede pública 5G: qual foi o resultado?

Quem gosta de acompanhar as novidades do mundo tecnológico já deve estar ansioso com a chegada do 5G e suas promessas de internet de altíssima velocidade, muito maior do que se conhece hoje.

Dando mais um passo nesse sentido, 30 de maio foi um marco para a história da internet: a BBC inglesa fez a primeira transmissão ao vivo do programa BBC Breakfast por meio de uma rede pública 5G em Covent Garden, Londres.

A transmissão foi um sucesso. A emissora realmente alcançou a tal alta velocidade prometida e que era um dos motivos da alta expectativa acerca dessa novidade, alcançando 980Mbps, mesmo em um trem em movimento (segundo o SpeedTest, a média global de velocidade de internet fixa é de 58,66 Mbps). Ou seja, SCORE!

Isso é um grande avanço para os programas de televisão, ampliando o leque de possibilidades (e alcance!) desde a produção de cenários até a distribuição para os telespectadores, não importa onde estejam. Com o 4G, isso não é possível porque exige múltiplas conexões para poder transportar vídeo ao vivo. No 5G, foi necessária apenas uma conexão, diminuindo a complexidade e custo da operação.

Porém, nem tudo são flores. Apesar da excelente velocidade e alta qualidade da imagem, a transmissão parou de repente. O motivo? A equipe estourou a franquia em apenas um dia utilizando o 5G.

Isso mostra que não basta apenas oferecer uma internet ultrarrápida. Os limites de consumo tem que acompanhar esse feito. Na nossa realidade de hoje, os planos que temos disponíveis no 4G não dariam conta de suportar a velocidade do 5G. Ainda tem muito trabalho das operadoras pela frente para que as indústrias e os consumidores finais possam usufruir de verdade dessa maravilha da conexão!

 

E você, o que acha disso? Está animado com a revolução que o 5G promete fazer?

Receba nossos artigos!
Nós respeitamos sua privacidade.