Como medir o resultado de um vídeo

Quem não fica todo feliz quando o seu vídeo ou vídeo da sua empresa na internet começa a receber visualizações e aquele numerozinho no canto começa a crescer? Sem dúvida essa é uma das melhores sensações em todo o processo do vídeo.

Mas, sem dúvida também, esse é só o começo para entender se um vídeo está dando certo ou não. Saber medir o resultado de um vídeo é tão importante quanto fazer o vídeo em si.

O primeiro passo para começar qualquer forma de medir os resultados de uma campanha de vídeo é definir o que é sucesso para você e sua empresa. É tornar um produto conhecido? É vender um determinado produto? É engajar pessoas em uma causa? É fazer as pessoas conhecerem mais um determinado assunto?

Com base nessas respostas podemos começar a separar as milhares de métricas disponíveis no mundo digital e organizar de modo que dê para entender se um vídeo está indo bem ou não.

As visualizações são uma boa métrica, claro, mas não são as únicas. Saber a quantidade de views que um vídeo teve ajuda, em partes, a entender o quanto esse vídeo está crescendo de tamanho absoluto.

Aqui separamos 3 métricas que podem ajudar a ir além da quantidade de views e melhorar muito sua relação com os vídeos e seus resultados.

  • Taxa de Retenção

Uma métrica bastante interessante é a taxa de retenção do vídeo, ou seja, a quantidade percentual do seu vídeo que as pessoas estão vendo. Tanto no YouTube quanto no Facebook e Instagram é possível acompanhar se as pessoas assistiram a 25%, 50%, 75% ou 100% do seu vídeo.

Essa métrica, além de divertida, é ótima para entender em que momento as pessoas abandonaram o seu vídeo. Algumas vezes foi uma imagem que estava desinteressante, um take que durou mais tempo do que deveria, um assunto que as pessoas não tinham interesse no meio do vídeo.

São muitas as hipóteses, mas enxergando esses números você vai começar a descobrir como deixar seus vídeos mais interessantes durante toda sua duração para obter mais sucesso.

É muito comum, com esse tipo de métrica, descobrir que o seu produto, que você só revelava da metade pro final do vídeo, não foi visto por nem metade das pessoas que o abandonavam antes dos primeiros segundos.

Por isso, fica claro que o número de visualizações, que começam a ser medidas a partir dos primeiros segundos, não dizem a verdade sobre o seu resultado: o que adianta ter 1.000 visualizações se quase ninguém passou dos primeiros segundos e não viram a mensagem completa?

Aqui também vale uma dica: seja breve em sua mensagem principal e concentre tudo o que você realmente precisa que as pessoas saibam logo no início do vídeo. As chances de obter sucesso aumentam muito com isso.

  • Interações

Na internet, praticamente todo vídeo é interativo! Ou seja, é possível coletar os comentários, reações, compartilhamentos das pessoas.

Este é um excelente indicador para saber o que as pessoas entenderam do seu vídeo. Tanto para otimizar o conteúdo quanto entender os efeitos que seu vídeo teve na opinião das pessoas. Claro que um bom filtro é sempre necessário e a ponderação também se faz valer. Nem todo comentário expressa a opinião de todo mundo, mas é sempre bom ficar atento ao que as pessoas estão falando.

Também é possível medir a taxa de interações e comparar com outros vídeos que você fez ou com a média do mercado. Pra fazer isso, basta dividir o total de interações pelo total de visualizações ou de pessoas que foram alcançadas com seu vídeo. Por exemplo, se um vídeo alcançou 1.000 pessoas e teve 100 interações, ele pode ter sido melhor que outro vídeo que alcançou as mesmas 1.000 pessoas e teve 200 interações. Isso também varia de objetivo para objetivo, mas vale como um primeiro passo comparativo.

  • Conversão

Lembra do papo de definir o que é sucesso lá do começo? Aqui que se separa o joio do trigo. Um vídeo pode ter tido poucas interações, mas pode ter tido um efeito incrível nas vendas, por exemplo. Ou pode ter tido muitas interações e muitas vendas. As vendas, nesse caso, seriam o medidor de sucesso da campanha.

Outro exemplo de conversão: se você queria que sua marca fosse conhecida e, no final da campanha, decidiu fazer uma pesquisa para saber quem se lembrava da sua marca e muita gente disse que se lembrava, isso pode significar sucesso. Principalmente se você fizer essa mesma pesquisa antes e comparar os números depois.

Aqui entram também outras métricas como inscritos no canal, aumento do tempo médio de permanência, dentre outras.

E aí, deu pra ter pelo menos um gostinho de como aprofundar um pouco mais as análises de um vídeo? Com essas ferramentas métricas na mão com certeza seus resultados melhorarão muito e você verá que investir em vídeos é uma das melhores estratégias para você e sua empresa.

Receba nossos artigos!
Nós respeitamos sua privacidade.