Ambush Marketing ou Marketing de Emboscada

Sabe quando uma empresa não é patrocinadora oficial de um evento, mas faz uma propaganda tão boa que você até acha que é? Já, já, vamos mostrar alguns exemplos interessantes, mas essa é a definição de marketing de emboscada ou ambush marketing.

É um tema bastante polêmico e divide opiniões no mundo publicitário. De um lado há a genialidade e criatividade de conseguir chamar a atenção, seja com peças publicitárias, vídeos, ações nas ruas, dentre milhares de outras estratégias. De outro a invasão e ilegalidade de se aproveitar de quem está investindo verdadeiramente naquele evento para fazer acontecer.

Há quem diga que o melhor dos mundos fosse a fusão das mentes criativas do marketing de emboscada e as grandes marcas patrocinadoras, que muitas vezes, pautados no dinheiro que investem, deixam de lado a criatividade para apostar na força do volume de exibição.

O ambush marketing, em muitos casos, é ilegal e prevê certas penas e punições para quem o pratica. Os limites entre a criatividade e a ilegalidade são muito próximos e deve-se tomar bastante cuidado para não os ultrapassar.

Em 2010, por exemplo, a Budweiser era patrocinadora da Copa do Mundo da África do Sul, mas no jogo entre Holanda e Dinamarca, a marca de cervejas Bavaria infiltrou algumas garotas vestidas de laranja na torcida, que chamaram muita atenção e depois a marca revelou que se tratava de uma ação de ambush marketing. A marca foi uma das mais faladas na Copa por sua criatividade.

ambush marketing

Outro exemplo foi esse da Durex com sua linha de preservativos durante as Olimpíadas.

ambush marketing

Nas Olimpíadas de 96, a Nike também chamou muita atenção ao calçar Michael Johnson, que quebraria o recorde mundial, com um tênis dourado. Por se tratar do recorde e de um calçado inusitado, a marca foi uma das mais faladas e fotos foram parar até na capa da revista Times.

ambush marketing

São diversas as formas de aparecer e tirar vantagem de grandes eventos, mas a discussão transita em diversas camadas como: é justo fazer esse tipo de ação enquanto há empresas usando seus recursos para fazer tudo aquilo acontecer? Ou, vale tudo no mundo da publicidade e que vença o mais criativo?

 

E você, o que pensa sobre o marketing de emboscada?

Receba nossos artigos!
Nós respeitamos sua privacidade.