5 truques para seu site ser indexado e rankeado pelo Google

Nem precisamos defender muito o quanto aparecer no Google é importante. Bilhões de buscas são feitas todos os meses e, certamente, alguém em algum lugar vai buscar exatamente pelo produto ou serviço que você oferece.

Para “aparecer no Google” há dois caminhos possíveis: um é através dos links patrocinados, que são uma excelente estratégia de divulgação, porém é vinculado a investimentos em mídia. E o outro caminho é pela busca orgânica.

Ninguém no mundo paga ao Google para aparecer nos resultados orgânicos. Isso tem relação direta com manter ou não pessoas pesquisando na plataforma. Quanto mais relevante para uma busca, melhor posicionado o site vai estar.

E, pra determinar o que é esse “relevante” aí, o Google utiliza mais de 1.000 sinais identificadores. É aqui que mora a oportunidade. Se você conhece os principais sinais que o Google avalia e atua sobre eles, suas chances de ser indexado e rankeado aumentam muito.

Por isso, preparamos 5 truques que você pode aplicar pra facilitar a sua vida e a vida do Google quando o assunto é estar nas primeiras páginas:

1/ Avise o Google que suas páginas estão prontas para serem indexadas

Os robozinhos de leitura do Google ficam varrendo a internet a cada segundo buscando novos sites e conteúdos para entregar para as pessoas. Até ele entender que o seu site tem uma nova página pode levar um tempinho.

Por isso, no Google Search Console, você vai ter acesso a diversas ferramentas para dizer ao Google que passar pelo seu site não vai ser uma perda de tempo. Na sessão “cobertura”, por exemplo, você pode ver se o robô está conseguindo ou não ler o seu site. Esse é o passo número 1. Em outra ferramenta, a de inspeção de URL, você pode ver se há algum problema com uma página específica e, caso não haja qualquer problema, pode clicar no botão “Solicitar Indexação”. Isso fará com que o Google coloque essa página na fila de indexação e dará uma certa prioridade a ela.

2/ Links internos para dar o caminho ao Google

Outra forma de ajudar o Google a encontrar mais páginas é através de links internos. Os robôs do Google seguem links, porque são as conexões entre páginas mais óbvias e diretas. Agora imagine que uma das suas principais páginas foi indexada pelo Google. Se ela não fizer nenhuma referência a outra página do seu site, o Google para ali.

Agora, se essa página tem um link para outra página, a chance dos robôs seguirem esse link é grande e pronto, o Google acaba de conhecer mais uma página do seu site sem você precisar voltar para o final da fila.

Ter um estratégia de links internos é fundamental. Lembre-se de que os links devem estar relacionados com as palavras que fazem sentido para o seu negócio. Se você colocar um link em um termo como “clique aqui” o Google vai achar que você vende “cliques aquis”. Portanto, se você vende “instalação de persianas” o seu link deve ser “instalação de persianas” e levar para uma página com conteúdo relevante de instalação de persianas.

3/ Links externos e redes sociais para aumentar a relevância

Ter links externos é a chave para o Google entender que seu site é importante para determinado assunto.

Uma estratégia matadora para conseguir mais links é divulgar seu conteúdo nas redes sociais.

As redes sociais em si não agregam em quase nada, já que os links que são postados nela são “no follow”, ou seja, o Google não acompanha para onde aqueles links foram. Por outro lado, ampliar o alcance do seu conteúdo faz com que mais pessoas tenham acesso a ele e aumente a chance de que elas o divulguem em seus sites, criando links diretos e rastreáveis para o seu site.

4/ Arquitetura e minificação do site

Uma boa arquitetura, ou a organização do seu site é fundamental. É através dela que o Google vai navegar e entender para onde seu site está levando os usuários dele.

A ligação entre as páginas deve ser lógica, deve ter um caminho simples, sem páginas órfãs, que não se conectam com nenhuma outra.

Outro ponto, além de estarem bem estruturadas, as páginas precisam ser leves, com o mínimo de códigos possível. Desse mínimo necessário é que vem o termo minificação. O Google tem milhares de sites para ler, quanto mais leves e menos coisa pra ler, mais rápido ele consegue passar pelo seu site e rapidamente ir ler outro. O Google te agradece por isso voltando mais vezes pra ver se você tem novos conteúdos.

5/ Produção regular de conteúdo

O grande negócio do Google é o volume de pessoas que ele movimenta a cada segundo. E essas pessoas só voltam para o Google se encontram o que procuram, se uma experiência é ruim é isso se repete, deixam de voltar, a audiência do Google cai e ele para de vender anúncios. Simples assim.

Por isso, quanto mais conteúdo relevante você produz, mais o Google te visita é mais páginas são indexadas, rankeadas e mais tráfego você leva para seu site, aumentando as chances de fechar novos negócios.

Conteúdo ricos, com informação valiosa sobre o seu negócio. Textos, imagens, vídeos. Tudo isso o Google leva em consideração.

Vale muito investir nessa produção de conteúdo regular e você poderá comprovar o resultado através do crescimento de tráfego do seu site e na popularidade da sua empresa, já que hoje, muito além da publicidade tradicional, as pessoas buscam conteúdo que as ajudem a tomar decisões e, se você é a empresa que oferece isso, tem grandes chances de ganhar de um concorrente e aumentar sua receita.

Com essas dicas você já tem trabalho de sobra no caminho de tornar seu site mais acessado através do Google. E se precisar de vídeos que te ajudem nessa estratégia, conta com a gente! 😉

Receba nossos artigos!
Nós respeitamos sua privacidade.